A trindade impossível da Zona Euro

A hipótese da Impossible Trinity (também chamada de Trilema da economia internacional) sustenta que é impossível manter, ao mesmo tempo, uma taxa de câmbio fixa, liberdade de circulação de capitais e política monetária independente. A política económica do banco central tem necessariamente de abdicar de um dos três pilares.

O ajustamento – isto é, redução da dívida – da periferia europeia segue um trilema semelhante. É impossível reduzir a dívida com uma meta para a inflação de 2%, com políticas macroeconómicas inalteradas no ‘centro’ da Europa e com a existência do euro. É possível abdicando de um destes pilares, mas não mantendo todos inalterados.

Se isto não é óbvio para o leitor, aconselho a leitura de Macroeconomic imbalances in the euro area, um pequena nota técnica do Parlamento Europeu acerca do Procedimento por Desequilíbrios Macroeconómicos Excessivos, o novo ‘braço’ da Comissão para analisar a situação económica dos estados-membro.

Without access to an exchange rate adjustment, the road to current account surpluses forthese countries is difficult. EU policy makers repeat the mantra that “reforms” are thesolution to all ills but reforms are unlikely to repeal the existence of downward nominalwage rigidity, a phenomenon that exists even in well-run countries that do not require suchreforms. With an average inflation target of two percent for the euro area, competitivenessgains for Greece, Portugal and Spain will be slow, as will the pace of progress towards thesize of current account surpluses. Moreover, the adjustment period is likely to be extremelypainful.

The Commission’s Macroeconomic Imbalance Procedure provides an important opportunityfor the EU to acknowledge that imbalances have two sides, that policies to actively reducesurpluses in countries like Germany are just as effective in restoring balance as policiesaimed at increasing competitiveness in the European periphery. However, the new alertmechanism scorecard has an asymmetric focus on reducing deficits at the almost-completeexpense of any focus on steps to affect large surpluses. It represents a missed opportunityto deal with the euro area’s problems in a balanced manner. To the extent that Europe isrunning out of time to come up with real solutions to the problems that afflict the commoncurrency, it represents a serious disappointment.

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s